Substitutos das refeições

Emagrecer não é reduzir o peso à custa de água e massa muscular, mas eliminar gordura em excesso

A luta contra os quilos a mais deixou de ser uma preocupação feminina, agravada com a aproximação do Verão e dias de praia. Barras, batidos, cremes e sopas com os mais variados sabores garantem sucesso nesta batalha.

Mas emagrecer não se resume a perder peso. O objetivo e eliminar gordura em excesso e não massa muscular e agua. A restrição energética deve ser gradual e distribuída pelas varias refeições, para não haver fome nem dificuldade em seguir o plano.

Quando sujeito a uma redução, o organismo adapta-se de forma rápida e cumpre as mesmas funções com menor dispêndio de energia. Se o corte for drástico, pode haver perda de peso numa fase inicial, mas ao voltar ao regime alimentar normal, ocorre um aumento de peso significativo.

Segundo um estudo realizado pela Deco, foram analisados o rótulo de 14 produtos

(barras, batidos e cremes com sabor a chocolate) que se propõem substituir uma ou mais refeições e 2 que se anunciam como alternativas a toda a dieta. Aconselham reduções calóricas elevadas, são ricos em açúcar e podem ser perigosos se consumidos por longos períodos.

Foram obtidos os seguintes resultados:

  • A maioria dos produtos fornece 200 kcal por dose. Como um adulto precisa, em media, de 600 kcal por refeição, o corte proposto e de 400, valor excessivo, sobretudo se forem substituídas duas refeições principais.
  • Muitos produtos contem grande quantidade de gorduras saturadas, com impacto negativo na saúde.
  • Outros abusam das vitaminas A, D e E. Por serem lipossolúveis, são armazenadas no organismo e, em excesso, podem ser prejudiciais. A lei define um mínimo por refeição. Devia incluir também um máximo, pois alguns produtos fornecem 60% da dose diária recomendada.
  • No geral, os substitutos não são ricos em fibra.
  • A lei não menciona sobre os teores de hidratos de carbono e açúcar. No entanto, os primeiros devem ser a principal fonte de energia numa dieta (mínimo de 50%), incluindo de emagrecimento. Os teores em hidratos de carbono são mais baixos e não satisfazem as necessidades diárias. Já os açúcares, muito elevados, variam entre 50 e 99% do total de hidratos de carbono.

Sugestão:

  • Aposte na variedade

  • Para uma dieta de emagrecimento ser bem-sucedida, tem de investir no equilíbrio e variedade. As interações entre os alimentos asseguram ao organismo os nutrientes para manter-se saudável;

  • As dietas devem promover a mudança de hábitos. Ao tomar um batido, perde uma excelente oportunidade para aprender a combinar os alimentos;

  • Existem soluções mais saudáveis e baratas.

This entry was posted in Alimentos, Nutrição and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>