Apneia do Sono

Algumas pessoas que ressonam tendem, durante o sono, a interromper várias vezes a respiração durante alguns segundos. Se as interrupções durarem mais de 10 segundos, podemos falar de apneia. Se este tipo de apneia ocorrer mais do que cinco vezes por hora, estaremos perante um caso de síndrome da apneia do sono.

Segundo estimativas existentes, 20 a 30% da população entre os 20 e os 60 anos ressona de forma mais ou menos “audível”. Entre estes, 4% sofrem da síndrome da apneia do sono. Os homens ressonam duas vezes mais frequentemente do que as mulheres. O excesso de peso é uma das principais causas da apneia do sono.

A síndroma da apneia obstrutiva do sono (SAOS) ocorre quando o estreitamento das vias respiratórias superiores, que provoca o “ressonar comum”, é tal que a respiração é consecutivamente interrompida durante um curto intervalo de tempo (entre 10 e 60 segundos). A causa deste sindroma também pode ser a falência intermitente no centro respiratório do sistema nervoso central. Como consequência, há uma quebra dos valores de oxigénio no sangue. Se as apneias se produzirem muitas vezes por noite, o problema é considerado grave, porque as variações do nível de oxigénio no sangue podem prejudicar seriamente o sistema cardiovascular. As melhores formas de tratar esta doença são alimentação saudável, variada e equilibrada, evitar o consumo de bebidas alcoolicas e deixar de fumar.

Apneia do Sono

Apneia do sono e doenças cardiovasculares

This entry was posted in Alimentos, Doenças, Nutrição and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>