Rotulagem alimentar

Sabia que uma leitura atenta dos rótulos nos alimentos resulta em escolhas alimentares mais objectivas, conscientes e de maior qualidade? E que apenas em poucos segundos conseguirá obter as informações mais importantes a considerar? Na actualidade, são crescentes as preocupações do consumidor na busca de informações sobre a composição nutricional dos alimentos, qual o seu significado e que relação têm com a saúde.

A rotulagem alimentar tem como objectivo informar os consumidores sobre as características dos produtos alimentares embalados. A leitura e interpretação dos rótulos é a forma mais prática, rápida e acessível de obter informações dos produtos alimentares que consumimos.Poderemos definir o rótulo como o “BI dos alimentos“, que nos assegura a sua qualidade e segurança.

Os elementos obrigatórios a constar no rótulo são: denominação de venda (corresponde ao tipo de produto, se o produto tiver sofrido qualquer tipo de processamento, tem que ser mencionado (ex.: fumado, pasteurizado, concentrado, congelado…), lista de ingredientes que compõem o alimento (todos os ingredientes utilizados para o fabrico do produto alimentar têm obrigatoriamente que ser apresentados nesta lista, por ordem decrescente em termos de quantidade em que se estão presentes), prazo de validade (o prazo de validade é a data limite até à qual o alimento pode ser consumido), lote de fabrico (refere-se ao lote no qual aquele alimento é inserido. Este é um dado importante para se fazer a rastreabilidade do produto alimentar, caso este não esteja conforme), quantidade líquida contida na embalagem (refere-se à quantidade em que o produto alimentar está presente na embalagem), condições de conservação (Quando o alimento é perecível são referenciadas as condições às quais o alimento deverá ser mantido para garantir um estado adequado de conservação) e nome e morada da entidade que lança o produto no mercado (é referenciado o nome e a morada da entidade que é responsável por todas as menções colocadas no rótulo do produto ou a empresa que o distribui).

Informação não obrigatória a constar num rótulo: ponto verde, código de barras e informação nutricional (informação relativa à composição nutricional dos produtos alimentares e da energia que fornecem; esta pode ser apresentada de duas formas: Simples – apresenta apenas o valor energético do alimento e o teor em proteínas, hidratos de carbono e lípidos; Completa – para além do descrito na anterior, pode também apresentar teores em açúcares, ácidos gordos saturados, colesterol, ácidos gordos trans, fibras alimentares, vitaminas e minerais). 

http://www.apn.org.pt 

This entry was posted in Alimentos, Nutrição and tagged . Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>